segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Facha elege amanhã o seu DCE

Circo Industrial

Oi Poerner!Aproveito o teu canal, para divulgar importante evento estudantil nas Faculdades Integradas Hélio Alonso, Facha, a qual contou com a sua ilustre colaboração na semana sobre 1968, em outubro do ano passado.

Eleições do DCE Wladimir Herzog/ Facha:

Inscrição de chapas – 09 a 30 de setembro

Campanha e debates – 01 a 05 de outubro

Votação em urna – 06 e 07 de outubro

Apuração e resultado preliminar – 07 de outubro

Recursos – 08 de outubro

Resultado dos recursos e resultado final – 09 de outubro

Divulgação: Emerson Menezes

3 comentários:

Circo Industrial disse...

Os alunos da Facha, nos seus três campi, elegeram a chapa POLITICARTE, para gestão de um ano (2009/2010), para o DCE Wladimir Herzog. Deu-se, desta forma, um importante exercício de cidadania, resgatando-se para a faculdade um órgão representativo dos alunos, que há muito tempo estava sem expressão.

Todos os alunos da chapa eleita, mais a comissão eleitoral agradecem muitíssimo ao Poerner, por ter acompanhado e divulgado esse fato histórico para a Facha.

Abraço grande!

Emerson Menezes

Dri Viaro disse...

Olá, vim conhecer seu blog, e desejar bom fds
bjss

aguardo sua visita :)

Victor Colonna disse...

Oi Arthur,

Sou amigo da Márcia Proença e ela me deu o endereço do seu blog. Aproveito para convidá-lo pro lançamento do meu livro de poesias.

Abraços!

Lançar um livro é se lançar às críticas, ao abismo que é o gosto do outro.

Publicar, mais que escrever, é inscrever as palavras, imprimir-se, revelar-se para o mundo.

Há milhares de anos quando não éramos ainda seres “humanos”, resolvemos misturar o sangue dos animais com terra, transformamos esse sangue em tinta e passamos a desenhar as paredes das cavernas. Não se sabe porque isso se deu, mas com certeza, já existia nos nossos antepassados cavernosos a necessidade de transcender à vida, de mostrar ao mundo: “eu estive aqui”.

Ninguém sabe exatamente o que é arte. A mim, arte remete à caverna, sangue, angústia, destino, transcendência. É apenas uma intuição, uma conjectura. Não tenho certeza. Nunca terei.

Mas isso não tem a menor importância. Pois a vida não é feita de certezas, mas de caminhadas.


Eu, Victor Colonna, tenho a honra de convidá-lo(a) para o:


Lançamento do meu livro de poesia “Cabeça, Tronco e Versos”,
na Livraria Baratos da Ribeiro, rua Barata Ribeiro 354 lj D, Copacabana, dia 13 de outubro de 2009, a partir das 19:30h


ANTI-ÍCARO (Victor Colonna)


Não sei se foi vôo
Ou queda.

O abismo me encontrou
Quando pus os pés no chão.

Não desejei estrelas
Nem derreti as asas
Ao procurar o sol.

Caí sem ter subido aos céus